Artigos

Artigos originais e traduções de bons textos que encontramos na internet. A confiabilidade dos conteúdos oferecidos é nossa maior preocupação, por isso buscamos postar apenas textos com bibliografias e/ou que venham de fontes confiáveis.

O Jogo Real de Ur

Artigos > Mesopotâmia  |  4,6 mil visualizações  |  768 palavras

Salvar nos favoritos
Capa do artigo: O Jogo Real de Ur

Também conhecido como Jogo dos 20 Quadrados, ou simplesmente Jogo de Ur, O Jogo Real de Ur é um jogo de tabuleiro feito para duas pessoas que foi popular no antigo Oriente Médio em todas as camadas sociais. O jogo possuía inclusive uma significância espiritual, já que chegou-se a acreditar que os eventos do jogo pudessem passar mensagens das divindades e dar dicas sobre o futuro dos jogadores.

O jogo se tornou conhecido na década de 1920 quando foi encontrado pelo arqueólogo Leonard Woolley durante as escavações do Cemitério Real de Ur, uma antiga cidade na Mesopotâmia. Cópias do jogo também foram encontradas no Egito, na Síria e em outras locais do Oriente Médio. Uma cópia do jogo também foi descoberta na Tumba do faraó egípcio Tutancâmon, por volta da mesma época das descobertas de Woolley.

As regras do jogo se mantiveram por muito tempo um mistério.  Até que na década de 1980 foi feita a descoberta de um tábua de argila no Museu Britânico, pelo curador Irving Finkel. Nessa tábua (veja abaixo), datada de 177 a.C., um escriba babilônico chamado Itti-Marduk-balatu descrevia as regras do jogo.

Transcrição de Itti-Marduk-balatu. Cerca de 177 a.C. Museu Britânico. N° 33333,b

O Jogo

No Jogo de Ur cada jogador começava com sete peças, também era usado um tabuleiro com 20 quadrados e quatro dados. O objetivo central do jogo era que um dos jogadores movesse todas as suas sete peças ao longo do tabuleiro e para fora dele antes de seu oponente.

Os dados

No jogo os movimentos são determinados rolando um conjunto de dados em forma de pirâmide com quatro cantos. Dois dos quatro cantos de cada um são marcados e os outros dois não, dando a cada um a mesma chance de aterrissar com um canto não marcado voltado para cima. O número de cantos marcados que fica para cima depois de um lançamento de dados indica quantos espaços o jogador deve andar na sua vez de jogar. Sendo assim, o número poderia variar de 0 a 4 casas por jogada.

 Dados baseados no modelo sumério. Nessa posição dos dados o valor retirado foi 1, porque apenas um dos dados ficou com a ponta para cima. Criados por Steven Milne.

O tabuleiro

Vários modelos de tabuleiros foram encontrados em escavações arqueológicas diversas no Oriente Médio. Todos possuem 20 Quadrados, mas a posição deles pode variar. Confira alguns modelos abaixo:

O mais famoso de todos, o tabuleiro real de Ur encontrado por Leonard Woolley na década de 1920.Caixa de jogo dos 20 Quadrados com peças de ossos. O lado de baixo da caixa possuia o tabuleiro para o jogo dos 30 Quadrados, que era popular no Egito. Tebas, Egito, cerca de 1635–1458 a.C. MET. N° 16.10.475a.Jogos dos 20 Quadrados encontrado na Tumba do Faraó Tutancâmon (r. 1336–1327 a.C.)Cena de carruagem no verso de um jogo de 20 Quadrados. Síria, início do primeiro milênio a.C. Este tabuleiro de jogo de pedra foi recentemente identificado durante o projeto de restauração da coleção Tell Halaf Museum. Via MET.


Como se jogava?

O funcionamento do jogo era o seguinte:

Os jogadores rolam os dados, um de cada vez. O valor retirado nos dados define a quantidade de movimentos que devem ser feitas no tabuleiro.

O tabuleiro está divivido em duas partes laterais e uma central. As partes laterais pertencem a cada um dos jogadores. A parte central é a zona da morte. Quando a peça do jogador está em sua própria área ela fica a salvo, mas quando está nos quadrados do meio do tabuleiro, as peças do oponente podem capturá-la ao pousar no mesmo espaço. Elas são então enviadas de volta para fora do tabuleiro e o oponente é obrigado a reiniciar o percurso.

Uma das possibilidades de trajetos que os jogadores poderiam escolher.

Ou seja, há seis quadrados seguros e oito de combate. Os jogadores podem ter várias peças simultaneamente no tabuleiro. Mas as regras definem, que nunca pode haver mais de uma peça em um mesmo quadrado, então ter muitas peças no tabuleiro de uma só vez pode impedir a mobilidade do jogador.

Um jogador não é obrigado a capturar uma peça toda vez que tiver oportunidade. No entanto, os jogadores são obrigados a mover uma peça sempre que possível, mesmo que isso resulte em um desfecho desfavorável.

Todos os jogos trazem rosetas coloridos dentro do tabuleiro, Irving Finkel acredita que se a peça estiver nesse campo ela estará a salvo de captura.

Para finalizar o percurso, o jogador deve rolar exatamente o número de espaços restantes até o fim do percurso mais um.

Nos vídeos abaixo, produzidos pelo Museu Britânico, você pode conferir o próprio Irving Finkel descrevendo o jogo e jogando uma partida com um amigo. Os vídeos possuem legendas, apenas é necessário ativá-las clicando no botão Detalhes na parte inferior direita.

O livro de regras mais antigo do mundo

Nesse maravilhoso vídeo o curador do Museu Britânico, Irving Finkel fala um pouco sobre o jogo dos 20 Quadrados e sobre como as regras foram descobertas.

Jogando o Jogo Real de Ur

Esse é um vídeo bem mais longo, em que Irving Finkel joga o Jogo dos 20 Quadrados com Tom Scott, um famoso Youtuber britânico.

Gostou desse artigo?




loading

Carregando galeria...

Galeria de imagens

1 de 8

Reconstrução de dados
O Jogo Real de Ur
Tabuleiro da Síria
Tabuleiro egípcio
As regras do jogo
Jogos dos 20 Quadrados encontrado na Tumba do Faraó Tutancâmon (r. 1336–1327 a.C.)
Réplica moderna do jogo de Ur
Réplica do jogo de Ur a venda na Amazon americana

Reconstrução de dados

Dados baseados no modelo sumério. Nessa posição dos dados o valor retirado foi 1, porque apenas um dos dados ficou com a ponta para cima. Criados por Steven Milne.

Mais artigos sobre Mesopotâmia

Vida cotidiana na Mesopotâmia - Parte 2

Amor e sexo na Mesopotâmia

Selos cilíndricos na Antiga Mesopotâmia - O que eram e como eram fabricados

Fontes bibiliográficas:

BBC Schools. Royal Game of Ur. Acesso em: 06 out. 2018.
British Museum. The Royal Game of Ur. Acesso em: 06 out. 2018.
British Museum. Clay cuneiform tablet; explanatory diagram and rules for playing the game of 20 squares (Royal Game of Ur). Acesso em: 06 out. 2018.
THE MET. Twenty Squares: An Ancient Board Game. Acesso em: 06 out. 2018.
Wikipédia. Royal Game of Ur. Acesso em: 06 out. 2018.

Artigo publicado em 07/10/2018.



Foto de membro da equipe do site: Moacir Führ

Escrito por

Moacir Führ

Moacir tem 34 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.

Fechar

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet.
Não seja um troll.

Item salvo nos seus favoritos

Nova atualização do site

Pega Title Pega URL