Livros

Informações detalhadas sobre livros de História, além de fotos e resenhas dos livros. Só fazemos a disponibilização do download quando o livro está em domínio público. Não vendemos livros!

Grandes civilizações do passado: Egito

Livros > Egito Antigo  |  1,4 mil visualizações

Salvo nos favoritos
Capa do livro Grandes civilizações do passado: Egito, de Alberto Siliotti
Autor: Alberto Siliotti
Título original: Egypt: Splendors of an Ancient Civilization
Coleção: Grandes civilizações do passado
Páginas: 288
Editora: Folio
Ano da edição: 2006
Idioma: Português
Skoob: Acessar

Sinopse:

Primeiro volume da coleção Grandes civilizações da Antiguidade, dedicado à história egípcia. Conteúdo: Kemet, o país da terra negra; uma história milenar; viagens e viajantes; templos e tumbas da terra dos faraós.


Minhas anotações de leitura

leia no Google Docs

Fotos dessa edição do livro

Veja no Google Fotos

Análise do livro

SILIOTTI, Alberto. Grandes civilizações do passado: Egito. Barcelona: Folio, 2006.

Trago a vocês mais uma resenha de outro volume da coleção Grandes Civilizações do Passado, publicado no Brasil pela editora Folio. Os livros dessa série se destacam por serem muito ilustrados, e esse volume leva essa característica a patamares ainda mais altos, as imagens são belíssimas.

Já havia feito a leitura do exemplar sobre a Mesopotâmia, e é importante destacar que esse livro tem uma abordagem bem diferente. Aquele livro havia sido escrito por um arqueólogo e continha muitos e muitos textos e mapas, além de ilustrações. Essa obra, por outro lado, é escrita por um fotógrafo e têm textos curtos e muitas fotos com descrições.

Na introdução da obra, o autor descreve o que visa atingir com a obra:

(...) analisando alentamente a extraordinária quantidade de livros de divulgação sobre o Egito, fira claro que não existia um sequer no qual as imagens fossem utilizadas como verdadeiros documentos visuais para descrever, não apenas os aspectos arqueológicos e históricos, como também os geográficos e antropológicos que estão estreitamente ligados aos primeiros. Assim, nossa proposta consiste em preencher esta lacuna oferecendo ao leitor uma documentação iconográfica em muitos aspectos inovadora, que permite efetuar uma leitura quase cinematográfica, através de algumas imagens tão atraentes quanto, e, sobretudo, carregadas de significado. O texto, intencionalmente breve e essencial, comenta e sugere uma leitura destas imagens oferecendo o enfoque geográfico e histórico necessário, enquanto que a simples síntese da complexa história situa o leitor perspectiva adequada para interpretar e compreender seu significado. Os grandes lugares arqueológicos são explicados através de imagens fotográficas e enquadrados na perspectiva histórica de seu descobrimento, graças às representações dos viajantes e documentaristas do século XIX, enquanto que os objetos fruto das escavações mais importantes são rediscutidos em seu antigo contexto. (SILIOTTI, p.10)

O livro é dividido em quatro capítulos, comentarei o conteúdo de cada um deles abaixo:

1. Kemet, o país da terra negra

O primeiro capítulo do livro apresenta uma descrição superficial da geografia do Egito e da história da região na era pré-histórica. Os textos não chamam a atenção, mas as fotos são lindíssimas e ajudam a ter uma boa noção da diversidade geográfica do país. A seção conta com algumas fotos que mostram características atuais do Egito e construções de períodos posteriores.

2. Uma história milenar

Essa parte do livro apresenta um resumo da História do Egito. O capítulo começa com a apresentação de um belo mapa ilustrado, em que o Egito é apresentado de um forma bem diferente (veja fotos na galeria acima), uma visão mais natural do país.

O resto do capítulo conta com pequenos textos sobre cada um dos períodos da História egípcia desde o Egito pré-histórico até o final do século 20 d.C. Os textos são curtos e superficiais, é uma narrativa de cunho político extremamente maçante. Fica claro que o autor não quis perder muito tempo com essa questão e o capítulo só compensa pelas fotos.

3. Viagens e viajantes

Esse capítulo do livro se dedica a apresentar a História da arqueologia do Egito Antigo. É um capítulo bem interessante, com bons textos e boas imagens. O autor apresenta um resumo dos trabalhos realizados por diversos exploradores e arqueólogos: Giovanni Battista Belzoni, Girolamo Segato, Jean-François Champollion, Ippolito Rosellini, David Roberts, Auguste Mariette, Gaston Maspero e Schiaparelli. O destaque do capítulo fica com Howard Carter, o arqueólogo responsável pela descoberta da tumba de Tutancâmon.

O autor também apresenta uma descrição dos achados mais recentes e a situação das escavações atuais (o livro foi escrito em 1998).

4. Templos e tumbas da terra dos faraós

A lista completa de templos e tumbas que aparecem no livro pode ser conferida na foto abaixo, que mostra um índice interno do livro.

Índice dos templos e túmulos.

As fotos de todo o livro foram muito bem escolhidas. Os templos e túmulos mais famosos são apresentados em toda a sua glória. Os textos descrevem alguns aspectos bem interessantes dos locais, mas dão destaque para os faraós e personalidades responsáveis por sua construção. Chamam a atenção os magníficos túmulos do Vale dos Reis e do Vale das Rainhas, alguns deles recebem grandes gráficos em 3D com comentários detalhados.

O livro também dá bastante destaque ao túmulo de Tutancâmon. No capítulo anterior o autor já havia dedicado 11 páginas a essa descoberta, e nesse capítulo são dedicadas outras 21 páginas ao tema, onde são apresentados detalhes dos objetos encontrados no túmulo do faraó.

Esse capítulo se destaca pela presença de excelentes mapas em cada um dos locais. Eles contribuem muito para que o leitor se localize entre as várias construções. Um exemplo é o mapa presente no capítulo de Deir El-Bahari (confira abaixo). Mapas descritivos como esse são difíceis de encontrar e me ajudaram muito a entender esse complexo de templos:

Mapa do complexo de Deir El-Bahari presente no livro.

Ao final do livro cheguei a conclusão de que essa é uma obra interessante, que faz bom uso das fotos para contribuir com as explicações. Uma pena que o autor não seja um historiador, durante a leitura fica a sensação de que os textos poderiam ser melhores e a obra tinha potencial para ser muito mais profunda, principalmente com a ajuda de maravilhosos assistentes visuais. De qualquer forma é uma obra que vai agradar o público iniciante e intermediário. Para o público mais avançado não há nada de relevante além das belas fotos e ilustrações.

Resenha publicada em 20/01/2019.

Foto do membro da equipe: Moacir Führ

Escrita por

Moacir Führ

Moacir tem 34 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.

Alberto Siliotti

Alberto Siliotti é jornalista, escritor e fotógrafo científico. Por mais de 20 anos, estudou história, arqueologia e o ambiente natural do Egito, onde começou a trabalhar em 1988 como diretor da missão Horus, liderada pelo Ministério das Relações Exteriores italiano. Ele liderou várias expedições científicas no Saara egípcio em busca da arte e da vida pré-histórica no país dos faraós. Membro da Sociedade Egípcia de Exploração e da Sociedade Geográfica Egípcia, é autor de cerca de 30 livros sobre o tema.

Jornalista

Mais livros sobre Egito Antigo

Anne Millard

Povos do Passado: Os Egípcios

Arlete Salvador

Cleópatra

Jacqqueline Morley

Fique por Dentro da História: Uma Pirâmide Egípcia

Lambelet / Riesterer

El Museo Egipcio de el Cairo

Fechar

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet.
Não seja um troll.

Item salvo nos seus favoritos

Nova atualização do site

Pega Title Pega URL