Os 15 Arcos do Triunfo mais famosos da Roma Antiga

Artigos > Roma Antiga  |  2,5 mil visualizações  |  1679 palavras

Capa do artigo: Os 15 Arcos do Triunfo mais famosos da Roma Antiga

O Arco de Constantino em Roma.

O Arco de Triunfo era um tipo de construção feita pelos romanos na antiguidade, principalmente com o objetivo de celebrar grande vitórias militares. Essas estruturas não possuíam nenhuma função prática além do seu caráter artístico e honorífico.

Esses arcos costumavam ser construídos em mármore e eram decorados com relevos mostrando cenas de batalhas e inscrições, para destacar a glória dos generais e dos seus soldados. Era muito comum que uma grande estátua do general, conduzindo uma quadriga, fosse colocada no topo do arco, embora nenhuma delas tenha sobrevivido, já que eram feitas em bronze ou outros metais de alto valor.

Muitos arcos da Roma Antiga sobreviveram, em estados diversos de conservação. Para esse artigo selecionei os 15 arcos mais interessantes. Também adicionei o link para os arcos no Google Maps, e a bibliografia apresenta uma extensa lista de sites (em inglês) que trazem mais informações sobre cada um deles.

A lista abaixo não está organizada por datas mas pela altura dos arcos, do menor para o maior. Confira:

15. Arco dos Sérgios (Pula)

Arco dos Sérgios. Construído em 27 a.C. - 8 metros de altura

Google Maps

Pula é uma cidade da costa da atual Croácia, que conta com diversas construções da época romana, inclusive a Arena de Pula, um dos maiores anfiteatros da antiguidade. O arco do triunfo de Pula celebrava três membros da gente Sérgia, em especial um deles que lutou pela 19° legião na batalha naval de Áccio. Acredita-se que tenha sido contruído por volta de 27 a.C.

14. Arco de Medinaceli (Espanha)

Arco de Medinaceli. Construído no século 1 d.C. - 8,1 metros de altura

Google Maps

Esse é o único arco do triunfo triplo que ainda se mantém de pé na Península Ibérica. Na sua parte superior há uma inscrição que o dedica ao divino Augusto, por isso acredita-se que ele tenha sido construído no século 1 d.C.

13. Arco de Caracala (Marrocos)

Arco de Caracala em Volubilis. Construído em 216-217 d.C. - 9,2 metros de altura

Google Maps

Esse arco se encontra na antiga cidade romana de Volubilis, na Mauritânia Romana, atual Marrocos. Ele foi construído pelo governador local, Marco Aurélio Sebasteno, em homenagem ao imperador Caracala e a sua mãe Giulia Domna em 216-217. O imperador era de ascendência norte-africana e pouco antes tinha estendido a cidadania romana aos habitantes das províncias do império. Porém, quando o arco foi terminado tanto Caracala como a sua mãe já tinham sido mortos.

12. Arco de Trajano (Argélia)

Arco de Trajano. Construído em 114 d.C. - 12 metros de altura

Google Maps

Localizada na antiga colônia Thamugadi (Timgad), esse arco foi construído por volta de 114 d.C. A colônia teria sido fundada por Trajano em 100 d.C. e o arco servia para o propósito de glorificar o imperador e a expansão do império.

11. Arco de Galério (Grécia)

Arco de Galério. Construído em 298 d.C. - 12,5 metros de alturaEssa reconstrução do site inthessaloniki mostra como o Arco de Galério estava conectado a diversas outras construções.

Google Maps

Esse arco foi construído pelo imperador Galério (250-311) para celebrar sua campanha vitoriosa contra o Império Sassânida em 298 e a captura de sua capital Ctesifonte. O arco fazia parte de um grande complexo arquitetônico que incluía o Palácio de Galério e o Templo (Rotunda).

10. Arco de Caracala (Argélia)

Arco de Caracala. Construído em 216 d.C. - 12,5 metros de altura

Google Maps

Outro arco construído em 216 em homenagem ao imperador Caracala, sua mãe Julia Domna e seu falecido pai Sétimo Severo. Djemila fica na área da antiga cidade romana de Cuicul, que abriga algumas das ruínas romanas mais bem preservadas do norte da África.

9. Arco de Tito (Roma)

Arco de Tito. Construído em 81 d.C. - 15 metros de altura

Google Maps

O Arco de Tito foi construído pelo imperador Domiciano em 81 d.C. para comemorar a vitória de seu pai (Vespasiano) e seu irmão (Tito) na Rebelião da Judéia. O arco trás relevos mostrando as grandes riquezas que foram trazidas do saque de Jerusalém. Esse arco se tornou um modelo para a maior parte dos arcos erguidos no período moderno.

8. Arco de Trajano (Benevento)

Arco de Trajano. Construído em 114-117 d.C. - 15,6 metros de altura

Google Maps

O Arco de Trajano em Benevento foi erguido entre 114 e 117. Ele se situa na entrada da cidade pela Via Ápia. Os relevos mostram Trajano no triunfo após a vitória sobre os Dácios.

7. Arco de Jano (Roma)

Arco de Jano. Construído no século 4 d.C. - 16 metros de altura

Google Maps

O deus de duas cabeças Jano era um dos mais importantes do panteão romano. O arco de Jano não era um arco do triunfo, mas um monumento para marcar o limite nordeste do Fórum Boário, especializado na venda de gado. Seu núcleo foi construído de tijolos, e sua superfície foi depois coberta de mármore branco. Acredita-se que tenha sido construído no reinado de Constatino (306-337) e também teria sido chamado de Arco de Constantino.

6. Arco de Adriano (Grécia)

Arco de Adriano em Atenas. Construído em 131 d.C. - 18 metros de altura

Google Maps

Esse arco foi erguido em homenagem ao imperador Adriano, um grande benfeitor da cidade de Atenas, e marcava a fronteira entre a velha cidade e a nova erguida pelo próprio imperador, contando com luxuosas mansões, banhos públicos e ginásios. As inscrições no arco mostram a importância que o imperador Adriano teve para a cidade. Um dos lados do arco mostra a inscrição "Essa é Atenas, a cidade velha de Teseu.", e no outro lado a inscrição diz "Essa é a cidade de Adriano não de Teseu."

5. Arco do Triunfo de Orange (França)

Arco de Orange. Construído em século 1 d.C. - 19 metros de altura

Google Maps

Esse é um dos maiores e mais antigos arcos do triunfo da Gália romana. O arco contém uma inscrição dedicada ao imperador Tibério em 26/27 d.C. Acredita-se que o arco tenha sido erguido durante o reinado de Augusto (para celebrar os veteranos da Guerra de César na Gália) e, depois, teria sido reconstruído sob Tibério para celebrar as vitórias de Germânico na Germânia.

4. Arco de Sétimo Severo (Roma)

Arco de Sétimo Severo em Roma. Construído em 203 d.C. - 20,8 metros de altura

Google Maps

Esse arco foi erguido para comemorar as vitórias do imperador romano Sétimo Severo na Pártia na década final do século 2 d.C. O arco conta com três arcos internos, típico dos arcos romanos da fase final do império. Há uma inscrição no arco dedicada ao imperador e a seus filhos Caracala e Geta que "restauraram a República e expandiram o domínio do povo romano".

3. Arco de Constantino (Roma)

Arco de Constantino em Roma. Construído em 315 d.C. - 21 metros de altura

Google Maps

O arco de Constantino em Roma, comemora a vitória do imperador romano sobre seu rival, Maxêncio, na batalha da Ponte Mílvia (312), que deu o controle do Império a Constantino. Várias partes do monumento foram retiradas de outras construções já existentes.

Há 4 painéis circularem de cada lado do arco (com 2,3 metros de diâmetro), que mostram o imperador caçando grandes animais e executando sacrifícios. Esses painéis foram retirados de um monumento em honra ao imperador Adriano e refeitos para se aproximarem da imagem do novo imperador. Também há dois painéis circularem nas laterais feitos especialmente para esse monumento, além de diversos frisos espalhados pela construção, alguns deles retirados de monumentos de outros imperadores e outros feitos por ordem do próprio Constantino.

2. Arco de Adriano (Jordânia)

Arco de Adriano na Jordânia. Construído em 129-130 d.C. - 21 metros de altura

Google Maps

Esse arco foi construído na antiga cidade de Gerasa, na atual Jordânia, para comemorar a visita do imperador romano Adriano no inverno de 129-130. O arco chama atenção por ter um frontão no topo, ao invés da base reta da maioria dos arcos, e por utilizar vários elementos arquitetônicos orientais.

1. Arco de Sétimo Severo (Líbia)

Arco de Sétimo Severo. Construído em 203 d.C. - 23 metros de altura

Google Maps

De todos os arcos do triunfo que sobreviveram da Roma Antiga, o arco de Sétimo Severo na Líbia é o maior. Com seus impressionantes 23 metros de altura, o arco celebra as vitórias de Sétimo Severo sobre os partas em 194-195. O imperador havia nascido em Leptis Magna, e foi responsável por um grande programa de construções nessa cidade e na própria capital, Roma. Esse arco se destaca por ser um Tetrápilo, ou seja, um arco de forma cúbica com um portão em cada um dos quatro lados.

Arco do Triunfo como inspiração no mundo moderno

Os arcos do triunfo romanos serviram de inspiração para muitos estados modernos erguerem seus próprios monumentos, celebrando as suas vitórias militares. O exemplo mais famoso, é claro, é o Arco do Triunfo de Napoleão Bonaparte em Paris. Mas há diversos outros exemplos muito interessantes, confira alguns abaixo:

O mais famoso de todos os Arcos do Triunfo. Esse arco foi construído por Napoleão Bonaparte em Paris em 1806. Inaugurado em 1836, a monumental obra detém, gravados, os nomes de 128 batalhas e 558 generais. Esse é um dos maiores arco de triunfo do mundo, com 50 metros de altura.A Porte Saint-Denis é um arco do triunfo construído pelo rei francês Luis XIV, o rei Sol, para comemorar suas vitórias no Reno e no Franco-Condado. foi construído em 1672 e tem 24 metros de altura.O arco do triunfo de Narva foi construído na antiga Praça Narva, em São Petesburgo, em 1814 para comemorar a vitória russa sobre Napoleão Bonaparte. O monumento foi concebido para rivalizar com o Arco do Triunfo do Carrossel em Paris, originalmente erguido para celebrar a vitória de Napoleão sobre os Aliados em Austerlitz. O arco foi inicialmente construído com um gesso resistente e alguns anos de pois foi refeito em pedra. O arco foi parcialmente destruído durante a Segunda Guerra Mundial, mas foi restaurado nas décadas seguintes. O arco de Moscou foi construído em 1829-1834 para comemorar a vitória russa sobre Napoleão, e substituiu uma estrutura anterior de madeira construída pelos veteranos da guerra em 1814. O arco foi desmontado durante o governo Stálin, mas reconstruído na década de 1960.O arco do triunfo em Pyongyang, na Coréia do Norte, foi construído em 1982 em honra a Kim II Sung, pelo seu papel na resistência contra os japoneses. Foi baseado no arco de Napoleão, e tem 60 metros de altura, 10 a mais que o arco francês. O arco do triunfo do Carrossel do Louvre também foi construído por Napoleão Bonaparte, e inaugurado em 1806. Foi dedicado ao Grande Exército de Napoleão Bonaparte entre 1807 e 1809. Ele é baseado no arco de Sétimo Severo, em Roma, e tem 15 metros de altura (5 a menos que o romano).O Siegestor é um arco do triunfo em Munique na Alemanha. Foi construído em 1852 pelo rei Ludwig I da Bavária, em homenagem ao exército bavário e tem 21 metros de altura.O arco do triunfo do Palácio do Estado Maior, em São Petesburgo, foi construído como parte do prédio em 1819-1829 e separa as duas alas do prédio, é adornado com esculturas comemorando a vitória russa sobre Napoleão em 1812. O palácio fica em frente a Praça do Palácio, e do outro lado dela está o famoso Palácio de Inverno (residência dos imperadores entre 1732 e 1917). O arco tem 28 metros de altura.


Ontem a noite, enquanto olhava umas fotos da famosa Fontana de Trevi, uma fonte barroca de Roma criada pelo escultor Nicola Salvi, percebi pela primeira vez que o centro da fonte é preenchido por um imenso arco do Triunfo, muito similar ao Arco de Constantino (confira foto abaixo). Na verdade, o famoso arco estava sendo restaurado em 1732, quando a obra foi iniciada, e serviu de inspiração para Nicola Salvi.

Fontana de Trevi, fonte barroca em Roma.

É isso por hoje, pessoal, espero que tenham gostado!

Gostou desse artigo?




Mais artigos sobre Arquitetura romana

Templo de Júpiter Optimus Maximus, o templo mais importante da Roma Antiga

Os 10 Anfiteatros mais famosos da Roma Antiga

As termas romanas

Alterações realizadas desde a publicação:

28/04/2020 - Atualização sobre Fontana de Trevii
07/12/2019 - Data de publicação

Foto de membro da equipe do site: Moacir Führ

Escrito por

Moacir Führ

Moacir tem 33 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet. Não seja um troll.