Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Império

A Emigração Italiana na América

333 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro A Emigração Italiana na América, de João Batista Scalabrini
Informações técnicas

Autor: João Batista Scalabrini
Páginas: 232
Editora: Est
Primeira publicação: 1904
Ano da edição: 1979
Idioma: Português

Sinopse

João Batista Scalabrini foi uma das personalidades mais marcantes na Igreja Italiana e distinguiu-se por sua atuação iluminada e prática em diversos aspectos fundamentais da vida eclesial de qualquer época. Seus escritos sobre o fenômeno emigratório, que pela primeira vez são publicados na língua portuguesa, nos oferecem também uma visão bastante completa do que se deva entender, ainda hoje, por promoção e pastoral dos migrantes.

Scalabrini preocupava-se com as peripécias porque passariam tantos italianos, longe de suas pátrias, tendo ameaçada sua identidade cultural e religiosa nas terras para onde emigravam, iludidos, às vezes, por promessas mirabolantes. Seu coração de Bispo fez-lhe ver em cada italiano que emigrava, uma unidade do “novo povo de Deus”, destinado a levar a fé cristã em terras estranhas. Confia aos italianos emigrados o encargo do anúncio do evangelho em outros quadrantes do mundo.

Fundando uma associação de sacerdotes, depois elevada à categoria de Congregação, destinada ao acompanhamento religioso dos migrantes, auxiliou-os a uma aculturação mais racional e à conservação de sua identidade religiosa. As comunidades italianas foram, no mundo, exemplares comunidades cristãs, em muitos aspectos semelhantes às dos primeiros cristãos, que tinham em comum as mesmas angústias, as mesmas esperanças e os mesmos desejos de vencer.

Sobre a participação Scalabrini na defesa e na promoção dos emigrantes, os escritos apresentados falam por si. Assim se expressou a Revista Rinascita sobre a Obra Scalabriniana: “A Igreja, que na questão operária, chegou um tanto atrasada, no campo migratório ficou na vanguarda, precedendo a intervenção de outras instituições; e isto, sobretudo, por merecimento de Dom João Batista Scalabrini e das organizações por ele criadas”.

João B. Scalabrini

João B. Scalabrini nasceu em Fino Mornasco, a 10 km de Como, norte da Itália, no dia 8 de julho de 1839. Sua juventude e seus estudos coincidiram com os percalços e crises da emancipação e da unificação política italiana. Ordenado sacerdote em 1863 e, em 1876, eleito bispo. Seu episcopado, de quase trinta anos, ocorreu durante os pontificados de Pio IX Leão XIII e Pio X. Caracterizou-se por uma atividade extraordinária nos mais diversos setores da vida religiosa, social e política da Itália e da própria Europa, bem como por uma linha de ação segura, aberta e corajosa, frente á situação histórico-cultural vivida pela Igreja e pela Humanidade de então. Foi considerado, pela opinião pública de seu tempo, como um dos bispos mais dinâmicos e influentes do século 19. Sobre a sua participação na defesa e na promoção dos emigrantes, nada nos cabe dizer: os escritos apresentados falam de per si. Apenas acrescentamos que a revista 'Rinascita', vinculada ao movimento sindical italiano de esquerda, assim se expressou sobre a Obra scalabriniana: "A Igreja, que na questão operária, chegou um tanto atrasada, no campo migratório ficou na vanguarda, precedendo a intervenção de outras instituições; e isto, sobretudo, por merecimento de Dom João Batista Scalabrini e das organizações por ele criadas!"

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Imigrantes no Brasil
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.