Apoie o site pelo Apoia.se e ajude a promover a História na internet brasileira.
Contribua a partir de R$ 1,00 por mês.

A Conspiração da Pólvora

Terror e fé na Revolução Inglesa

Livros > Idade Moderna  |  185 visualizações

Capa do livro A Conspiração da Pólvora, de Antonia Fraser
Autor: Antonia Fraser
Título original: The Gunpowder Plot: Terror and Faith in 1605
Páginas: 360
Editora: Record
Ano da edição: 2000
Idioma: Português
Skoob: Acessar

Sinopse:

Um dos mais importantes feriados da Inglaterra, o dia da Conspiração da Pólvora lembra um dos primeiros atos terroristas da história mundial, segundo a historiadora Antonia Fraser, autora deste livro. O ano era 1605. O rei, Jaime IV, filho de Maria Stuart. Soberano da Escócia, ele assumiu a coroa da Inglaterra em 1603, após a crise instaurada com a morte de Elizabeth I. Com a missão de unificar o reino inglês, rei Jaime seguiu a política de Elizabeth I de manter o protestantismo como religião nacional. No entanto, encontrou uma nação dividida em legiões de calvinistas puritanos que condenavam a submissão da Igreja ao Estado e de católicos que contestavam desde a prisão e execução da rainha católica Maria Stuart até a legitimidade do governo de Elizabeth I (filha de um casamento anulado). Ainda assim, Jaime IV renegou a promessa de tolerância aos papistas, condenando a fé católica à clandestinidade e perseguindo os padres. A crise levou a uma conspiração de 13 nobres católicos, liderados por Robert Catesby. Numa tentativa de elevar o catolicismo a religião oficial do Reino Unido, planejaram explodir o Parlamento inglês e matar a família real, resguardando apenas a filha mais jovem do rei Jaime, que seria seqüestrada e criada como católica para sucessão do trono inglês. O plano foi descoberto e seus idealizadores presos e condenados à execução em praça pública - um acontecimento lembrado ainda hoje, quando bonecos são queimados nas ruas da Inglaterra no dia 5 de novembro. Em 'A conspiração da pólvora' , Antonia Fraser encontra elementos de tragédia, violência, intriga e heroísmo num dos episódios mais significativos da história inglesa, e discute as verdadeiras motivações da conspiração, colocando-a como base para se entender as modernas formas de terrorismo religioso.


Fotos dessa edição do livro

Veja no Google Fotos

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado pelo site.

Antonia Fraser

Antonia Fraser é uma biógrafa e escritora britânica nascida em 1932. Ela escreveu várias biografias e romances. Nascida na família dos Condes de Longford, mais tarde tornou-se a segunda esposa do dramaturgo Harold Pinter, vencedor do Nobel de Literatura de 2005. É autora de diversas biografias de figuras destacadas da Idade Moderna, como Oliver Cromwell, Henrique VIII, Maria Antonieta e Luis XIV.

Veja outros livros desse autor (1)

Mais livros sobre Idade Moderna

Edith Sichel

O Renascimento

Walter Isaacson

Leonardo da Vinci

Antonio Carlos Oliveri

O Renascimento

Américo Vespúcio

Novo Mundo

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet. Não seja um troll.