Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Império

Crimes em comum Escravidão e liberdade sob a pena do Estado imperial brasileiro (1830-1888)

406 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Crimes em comum, de Ricardo Alexandre Ferreira
Informações técnicas

Autor: Ricardo Alexandre Ferreira
Páginas: 264
Editora: Unesp
Primeira publicação: 2011
Ano da edição: 2011
Idioma: Português

Sinopse

Nesta pesquisa realizada por Ricardo Alexandre Ferreira são investigadas as histórias do crime e do direito, focando, mais especificamente, no período da escravidão no Brasil. Aqui, através de uma vasta pesquisa documental, o autor analisa como o escravismo aparece referenciado no código penal do Império e as diferenças de punição entre homens livres e cativos.

A grande importância deste estudo se encontra na revelação deste aspecto da vida jurídica do Brasil imperial. Por meio de processos e penas redigidas na época, e de relatórios feitos pelas autoridades reportando sua preocupação com a segurança pública, Ricardo Alexandre Ferreira leva o leitor a descobrir as implicâncias sociais e judiciais da separação entre escravos e homens livres.

Historiador
Ricardo Alexandre Ferreira

Ricardo Alexandre Ferreira (1976-) é um historiador e professor universitário brasileiro. Suas atuais pesquisas se concentram na intersecção entre a escravidão africana e a construção do Estado Moderno, na Europa. Ferreira se graduou em 2000 pela Unesp, campus Franca, onde também concluiu o seu mestrado, em 2003, sob a orientação de Horacio Gutiérrez, com o trabalho intitulado "Escravidão, criminalidade e cotidiano", e se doutorou, em 2006, quando, sob a tutela do mesmo orientador, escreveu a tese "Crimes em comum". Em fevereiro de 2018, recebeu o título de Livre-Docente em História Moderna, com a defesa da tese "O súdito criminoso".

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Escravidão no Brasil
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.