Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Contemporânea

A Beleza e A Dor Uma história íntima da Primeira Guerra Mundial

425 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro A Beleza e A Dor, de Peter Englund
Informações técnicas

Autor: Peter Englund
Título original: Stridens skönhet och sorg : första världskriget I
Páginas: 512
Editora: Companhia das Letras
Primeira publicação: 2008
Ano da edição: 2014
Idioma: Português

Sinopse

Nesta história tão ambiciosa quanto original da Primeira Guerra, Peter Englund aborda o conflito a partir de seu aspecto menos explorado, mas talvez mais revelador: a experiência das pessoas comuns - não apenas a tragédia e a dor, mas também o absurdo e mesmo, por vezes, a beleza dessas vidas.
A beleza e a dor não é, assim, um livro sobre o que foi a Primeira Guerra - ou seja, suas causas, seu desenrolar, seu final ou suas consequências -, mas antes sobre como foi esse conflito. O leitor nele não encontrará tantos eventos e processos, mas sim pessoas, impressões, experiências ou estados de ânimo. Uma reconstituição do mundo emocional em primeiro lugar, depois o curso dos acontecimentos.

A narrativa é composta a partir da voz de dezenove indivíduos, todos resgatados do anonimato por meio dos diários e das cartas que Peter Englund usou como fonte primária de sua pesquisa. Entre eles há um jovem da infantaria britânica que pensava em emigrar até que a guerra lhe ofereceu uma “promessa de mudança”; um bem intencionado funcionário público francês de meia-idade que tem sua admiração pela cultura europeia para sempre abalada; um escritor socialista que perdeu a fé na transformação do mundo com a eclosão do conflito; uma garota de doze anos que aguarda ansiosa as vitórias militares, pois elas significam a mudança de rotina na escola.

Alguns viviam no front Oeste, outros nos Bálcãs, outros ainda na África Oriental ou na Mesopotâmia. Dois morrerão, um jamais ouvirá o disparo de um tiro; alguns se tornarão prisioneiros de guerra; outros serão condecorados como heróis. Mas apesar de suas diversas ocupações e destinos, gênero ou nacionalidade, todos estarão unidos por seu envolvimento - voluntário ou não - no grande e terrível conflito que mudou os rumos do século XX.

Historiador
Peter Englund

Peter Englund é um escritor e historiador sueco. É um conhecido divulgador popular de história sueca e universal. Englund escreve livros e ensaios de não ficção, principalmente sobre história. Dedica-se principalmente ao Império Sueco, mas também fala de outros eventos históricos. Ele escreve em um estilo muito acessível, fornecendo detalhes narrativos geralmente omitidos em livros típicos de história. Seus livros ganharam popularidade e são traduzidos para vários idiomas, Englund estudou arqueologia, história e filosofia teórica na Universidade de Uppsala, concluindo o bacharelado em 1983, após o qual iniciou os estudos de doutorado em História. Ele recebeu seu Ph.D. em 1989 por uma dissertação sobre a visão de mundo da nobreza sueca do século 17. Durante seu período como estudante de doutorado, ele também trabalhou por algum tempo para o Serviço de Segurança e Inteligência Militar Sueco ("DEVE"), e um ano antes de receber seu doutorado, ele publicou o best-seller Poltava, uma descrição detalhada da Batalha de Poltava, onde as tropas do rei sueco Carlos XII foram derrotadas pelo exército russo do czar Pedro I em 1709.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Primeira Guerra Mundial
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.