Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Colônia

1680-1720 - O Império deste mundo

622 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro 1680-1720 - O Império deste mundo, de Laura de Mello e Souza, Maria Bicalho
Informações técnicas

Autor: Laura de Mello e Souza, Maria Bicalho
Coleção: Virando Séculos
Páginas: 121
Editora: Companhia das Letras
Ano da edição: 2001
Idioma: Português

Sinopse

A passagem do século XVII para o XVIII marca uma mudança importante na política imperial portuguesa. Se até então a concepção de império se baseava num ideal religioso, com a virada do século as possessões coloniais lusitanas passaram a ser vistas sob uma ótica leiga, menos preocupada com a evangelização dos nativos e mais atenta ao jogo político internacional- sobretudo com relação à Espanha- e às riquezas materiais que o Novo Mundo oferecia. O império deste mundo - analisa os fatos que levaram a essa mudança. As autoras contam como a descoberta do ouro na Minas Gerais contribuiu para aumentar o interesse dos principais Estados europeus pelo Brasil e como a Metrópole portuguesa teve de repensar suas formas de atuação na colônia, preocupada com a ameaça decorrente desse interesse- as invasões francesas ao Rio de Janeiro em 1710 e 1711 foram prova suficiente disso. Para complicar ainda mais as coisas, era necessário lidar com problemas internos importantes- a insatisfação dos colonos pipocava em rebeliões como a Guerra Emboaba, em 1709, e a sedição de Vila Rica, em 1720.

Historiador
Laura de Mello e Souza

Laura de Mello e Souza é uma historiadora e professora universitária brasileira. É irmã da também historiadora Marina de Mello e Souza. Nasceu e estudou em São Paulo, foi docente do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo desde 1983, encontrando-se aposentada desde agosto de 2014. Desde setembro de 2014, ocupa a cátedra de História do Brasil na Universidade de Paris IV - Sorbonne. Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1980), doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1986) e Livre-Docência em História Moderna pela Universidade de São Paulo (1993). Foi Chefe do Departamento de História entre 1999 e 2001. Foi Vice-Coordenadora do Programa de História Social entre 2002 e 2004.

Historiador
Maria Fernanda Baptista Bicalho

Maria Fernanda Baptista Bicalho é licenciada em História pela PUC-RJ (1981), mestre em Antropologia Social pelo Museu Nacional-UFRJ (1988), doutora em História Social pela FFLCH-USP (1997), fez pós-doutorado no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (em 2007 e, novamente, em 2013/2014). Orientou e orienta teses de doutorado e dissertações de mestrado sobre temas relacionados à História do Brasil Colonial, História Moderna e História Ibérica. Atua principalmente na área da História política, desenvolvendo trabalhos e ministrando cursos sobre redes de poder e administração no império português; poderes, instituições e elites na monarquia portuguesa e em seus domínios ultramarinos.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Brasil Colônia
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.