As Cartas de Hammurabi

Livros > Mesopotâmia  |  95 visualizações

Capa do livro As Cartas de Hammurabi, de Emanuel Bouzon
Autor: Emanuel Bouzon
Páginas: 240
Editora: Vozes
Ano da edição: 1986
Idioma: Português
Skoob: Acessar

Sinopse:

Neste livro são editadas, com introdução histórica e comentários filológicos, as 153 cartas - todas até hoje conhecidas - do rei Hammurabi, fundador da primeira dinastia babilônica, quie reinou entre os anos 1792-1750 a.C. A tradução apresentada foi feita diretamente do texto cuneiforme, cujo original foi conservado em tabletes de argila espalhados, hoje, em diversos museus da Europa e dos EUA. Estas cartas são, em sua maioria, dirigidas a Sin-iddinam e Samas-hazir, dois altos funcionários da administração hammurabiana na província de Larsa. Sua temática é político-administrativa e abrange uma gama bastante diversificada de assuntos, como problemas de irrigação, de navegação, de administração de terras, de distribuição de lotes em pagamento por serviços prestados, casos de disputas acerca da posse de campos, tributação, serviço militar, problemas de administração pública, etc.


Imagens (6)

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado pela equipe do site.

Emanuel Bouzon

Emanuel Bouzon (1933-2006) estudou Filosofia e Teologia ordenando-se padre em 1958. Estudou Ciências Bíblicas e Ciências Orientais em Roma e especializou-se em Assiriologia, Egiptologia, Semitistica e História Antiga na Westfälische Wilhelms-Universität de Münster, Alemanha, onde estudou com o célebre orientalista Wolfram von Soden.

Historiador(a)

Mais livros sobre Babilônia

Gwendolyn Leick

Mesopotâmia - A invenção da cidade

Paul Kriwaczek

Babilônia: A Mesopotâmia e o Nascimento da Civilização

Emanuel Bouzon

O Código de Hammurabi

Georges Contenau

A vida quotidiana na Babilônia e na Assíria

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet. Não seja um troll.