Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Contemporânea

Dia D

237 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Dia D, de Brigadeiro Peter Young
Informações técnicas

Autor: Brigadeiro Peter Young
Coleção: Batalhas da II Guerra Mundial
Páginas: 64
Editora: Ao Livro Técnico
Primeira publicação: 1981
Ano da edição: 1982
Idioma: Português

Sinopse

A 6 de junho de 1944, os Aliados lançaram o maior assalto anfíbio da Segunda Guerra Mundial. Após uma ocupação brutal de quatro anos, os Aliados planejaram expulsar os alemães da França e dos Países Baixos. Reuniu-se a maior força anfíbia da história para quebrar a supostamente invencível linha de defesa de Hitler — o Muro Atlântico. Embora Hitler esperasse a invasão, ele não sabia onde ela aconteceria; em conseqüência, suas forças tiveram que ser diluídas, sem que sobrassem reservas para manobras de contra-ataque.

Os Aliados surpreenderam os alemães com a guarda aberta. Atacaram em condições de tempo adversas; Rommel, comandante das forças de terra no norte da França, encontrava-se na Alemanha. Ataques aéreos ajudaram a criar confusão na retaguarda alemã e os desembarques nas praias da Normandia foram facilitados por bombardeios de navios e aviões. A lenta reação alemã permitiu que os Aliados desembarcassem com poucas baixas em quatro das cinco praias; só em Omaha, a 14° Divisão Americana sofreu perdas graves. Não obstante, ao entardecer, uma cabeça-de-ponte fora firmada nas cinco praias; no dia 12 de junho os Aliados formavam uma linha contínua de cerca de 90 quilômetros.

O Brigadeiro Peter Young chefiou o 6° Comando durante o desembarque. Sua experiência pessoal acrescenta um interesse todo especial à sua narrativa do assalto do Dia D. Ilustrado com mais de 100 fotografias. O livro Dia D é obrigatório aos aficionados de assuntos militares.

Militar
Peter Young

Brigadeiro Peter Young (1915-1988) foi um oficial do Exército Britânico que, durante a Segunda Guerra Mundial, serviu com distinção nos Comandos Britânicos. Posteriormente, ele comandou um regimento da Legião Árabe, depois voltou para a Inglaterra em nomeações de estado-maior. Em 1959, ele se aposentou do exército como brigadeiro e tornou-se chefe de História Militar na Royal Military Academy Sandhurst. Em 1968 ele fundou The Sealed Knot, uma sociedade de reconstituição histórica da Guerra Civil Inglesa. Ele também se tornou um conhecido historiador militar e autor.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Segunda Guerra Mundial
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.