Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Colônia

Escravidão - Vol.1 Do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares

244 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Escravidão - Vol.1, de Laurentino Gomes
Informações técnicas

Autor: Laurentino Gomes
Coleção: Escravidão de Laurentino Gomes
Páginas: 504
Editora: Globo
Primeira publicação: 2019
Ano da edição: 2019
Idioma: Português

Sinopse

Maior território escravista do hemisfério ocidental, o Brasil recebeu cerca de 5 milhões de cativos africanos, 40% do total de 12,5 milhões embarcados para a América ao longo de três séculos e meio. Como resultado, o país tem hoje a maior população negra do planeta, com exceção apenas da Nigéria. Foi também, entre os países do Novo Mundo, o que mais tempo resistiu a acabar com o tráfico de pessoas e o último a abolir o cativeiro, por meio da Lei Áurea de 1888 — quatro anos depois de Porto Rico e dois depois de Cuba.

Nenhum outro assunto é tão importante e tão definidor da nossa identidade nacional quanto a escravidão. Conhecê-lo ajuda a explicar o que fomos no passado, o que somos hoje e também o que seremos daqui para a frente. Em um texto impactante e rigorosamente documentado, Laurentino Gomes lança o primeiro volume de sua nova trilogia, resultado de 6 anos de pesquisas, que incluíram viagens por 12 países e 3 continentes.

Jornalista
Laurentino Gomes

Jornalista nascido em Maringá em 1956. Formado pela Universidade Federal do Paraná, tem pós-graduação em Administração na Universidade de São Paulo. É membro titular da Academia Paranaense de Letras. É autor dos livros "1808", "1822" e "1889".

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Escravidão no Brasil
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.