Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Outros temas de História

Submarinos

462 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Submarinos, de Antony Preston
Informações técnicas

Autor: Antony Preston
Título original: Submarines
Coleção: Navios de Guerra
Páginas: 64
Editora: Ao Livro Técnico
Primeira publicação: 1982
Ano da edição: 1983
Idioma: Português

Sinopse

Os submarinos transformaram completamente a guerra naval no século 20. Em 1917 os U-Boats alemães quase levaram a Inglaterra à derrota cortando as linhas vitais do Atlântico. Somente a introdução do sistema de comboio, à ultima hora, impediu que os U-boats varressem todos os navios mercantes dos mares. Na 2° Guerra Mundial, a esquadra de U-boats do Almirante Karl Doenrtz novamente tentou interceptar as linhas oceânicas de suprimento da Grã-Bretanha. A Batalha do Atlântico foi uma série de ações de comboio duramente combatidas, deflagradas praticamente desde o primeiro dia até a rendição da Alemanha. No Pacífico, os submarinos da Marinha Amencana tiveram sucesso onde os U-boats fracassaram, destruindo quase completamente a marinha mercante do Japão.

Desde a guerra, a combinação da força nuclear e do lançamento submarino de mísseis balísticos resultou no SSBN — uma plataforma quase invulnerável para lançamento de ogivas nucleares. O moderno submarino pode permanecer completamente submerso durante semanas, sendo o fator limitante a fadiga da tripulação e não as condições do próprio barco. Se o submarino foi uma arma perigosa nas duas guerras mundiais, nos dias atuais ele é uma arma imensamente mais poderosa, e a guerra submarina dominará qualquer guerra naval futura.

O desenvolvimento tecnológico do submarino e o registro de seus combates nas duas guerras mundiais são relatados pelo eminente historiador naval britânico Antony Preston. Submarinos é generosamente ilustrado com fotografias e chamará a atenção de todos os entusiastas dos navios de guerra.

Historiador
Antony Preston

Antony Preston (1938-2004) foi um historiador e editor naval inglês, especializado na área de história naval e design de navios de guerra dos séculos XIX e XX. Depois de se tornar um evacuado durante a guerra, ele foi educado na África do Sul na Escola King Edward VII, em Joanesburgo, e na Universidade de Witwatersrand. Em seu retorno à Inglaterra, ele passou alguns anos no National Maritime Museum, Greenwich, antes de se tornar editor do periódico "Defence". Durante a década de 1970, ele foi contratado por uma editora especializada, a Conway Maritime Press, como editor do anuário do Warship. Ele também produziu o boletim especializado Navint. No início dos anos noventa, assumiu o cargo de editor-chefe da revista Naval Forces no grupo editorial alemão Mönch. Ele saiu para retomar como editor da Warships em 1996. Antony Preston morou em Londres até sua morte em 2004. Antony Preston foi um prolífico autor de livros e artigos, e publicou sobre assuntos que vão desde a Revolução Americana até o poder marítimo moderno. Ele escreveu sobre história militar geral, bem como a maioria dos aspectos da história naval e assuntos navais modernos.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre História Militar
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.