The Spartan Army

Livros > Grécia Antiga  |  31 visualizações

Capa do livro The Spartan Army, de Nicholas Sekunda
Título traduzido: O Exército Espartano
Autor: Nicholas Sekunda
Páginas: 64
Editora: Osprey Publishing
Ano da edição: 1998
Idioma: Inglês
Skoob: Acessar

Sinopse:

Embora a história inicial de Esparta não seja clara, no final do século 8 a maioria das outras cidades da Lacedemônia foi reduzida ao status de subordinado dela. Os Lacedemônios eram o único exército em tempo integral na Grécia antiga e eram, portanto, verdadeiramente uma força de elite. As instituições do Estado e o sistema de educação eram organizados com objetivo de criar soldados soberbamente treinados. Nick Sekunda examina esta máquina militar única neste livro descrevendo os sistemas organizacionais do exército espartano através do período helenístico, como eles foram treinados, as batalhas que eles lutaram e a sociedade que os produziu.


Imagens

Ainda não temos fotos desse livro, se você tiver e quiser coloborar com o site, envie pra gente através do nosso email contato@apaixonadosporhistoria.com.br.
Os créditos serão atribuídos nas imagens.

Análise do livro

SEKUNDA, Nicholas. The Spartan Army. Osprey: Oxford, 1998.

Mais uma resenha de um livro da editora Osprey, dessa vez sobre o exército espartano. Esparta era uma das cidades mais importantes da Grécia Antiga, era a grande potência militar e a única que contava com um exército em tempo integral. Seu papel nas Guerras Médicas contribuiu para a vitória grega contra os persas e, posteriormente, a vitória espartana na Guerra do Peloponeso marcou o início da decadência de Atenas.

O autor divide a sua obra em cinco partes:

Introdução

A introdução da obra apresenta um panorama geral da sociedade e da política da cidade de Esparta. Também fala rapidamente sobre a 1° e a 2° guerras Messênias, e a participação de Esparta nas Guerras Médicas e na Guerra do Peloponeso.

Organização

A educação dos cidadãos espartanos, a condição dos hilotas e periecos. Os rituais e as práticas durante as campanhas militares.

Vestimentas

Alguns argumentos sobre a roupa vermelha dos espartanos e uma apresentação da túnica, da capa, dos calçados, do cajado e do estilo de cabelo e barba espartano.

Armas hoplitas

Uma descrição das principais armas usadas nas batalhas hoplitas pelos espartanos: lança, escudo, couraça, elmo, grevas e outros equipamentos auxiliares. Além de comentários sobre a questão logística e a alimentação dos soldados em campanha.

Outros grupos armados de Esparta

A cavalaria, os arqueiros e a infantaria leve no exército espartano.

Sobre o livro

A leitura do livro é muito agradável, é uma obra curta que vai direto ao ponto e apresenta muitos detalhes sobre a organização do exército, os soldados e as principais práticas de batalha dos espartanos. Além de destacar os motivos que levaram Esparta a ser tão respeitada, e tão temida, nas guerras da antiguidade.

O autor cita rapidamente a educação dos cidadãos e praticamente não fala da Agoge (regime de treinamento dos espartanos) e da Criptéia (polícia secreta de Esparta). Fiquei um pouco decepcionado com isso, mas no geral a obra cumpre o que promete.

O autor cita muitos autores antigos e apresenta situações que ilustram bem o caráter espartano e a sua cultura militar.

A obra apresenta 12 desenhos (plates) feitas por Richard Hook, e o autor tece muitos comentários sobre cada um deles. Essas ilustrações apresentam espartanos e armamentos de diversos períodos, e isso contribuí para que fique claro a caractéristica espartana de constante renovação e inovação no campo militar. As ilustrações presentes no livo são as seguintes:

A) Guerreiros da época de Licurgo
B) 2° Guerra Messênia
C) Reis espartanos no início do século 6
D) Guerreiros espartanos por volta de 530 a.C.
E) Batalha de Termópilas 480 a.C.
F) Amonfareto na batalha de Platéia 479 a.C.
G) Exército espartano por volta de 470 a.C.
H) 1° batalha de Mantinéia em 418 a.C.
I) Frota de Lisandro em 405 a.C.
J) Oficina de guerra, Éfeso 396/395 a.C.
K) Regimentos de infantaria mercenária 396/395 a.C.
L) Escaramuça perto de Tanagra 377 a.C.

Como fiz a leitura da obra através de um pdf baixado na internet, não consegui postar fotos da obra. Mas abaixo você confere alguns screenshots do arquivo PDF.

Páginas do livro.

Nicholas Sekunda é professor de História Antiga e já teve outras obras resenhadas ou publicadas pelo site. Entre elas estão livros sobre o Guerreiro Hoplita Grego, O Exército de Alexandre o Grande e sobre a Batalha de Maratona.

Resenha publicada em 01/08/2019.

Nicholas Sekunda

Nicholas Sekunda nasceu em 1953. Depois de estudar História Antiga e Arqueologia na Universidade de Manchester, ele fez seu doutorado em 1981. Ele participou de escavações arqueológicas na Polônia, Irã e Grécia e de um projeto de pesquisa sobre a antiga guerra persa para o Instituto Britânico de estudos persas. Sekunda publicou vários livros e artigos acadêmicos, e atualmente está ensinando no Instituto de Arqueologia e Etnologia em Torun, na Polônia.

Historiador(a)
Foto do membro da equipe: Moacir Führ

Escrita por

Moacir Führ

Moacir tem 32 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.

Mais livros sobre Grécia Antiga

A Democracia Grega

O Prazer do Sexo

História da Grécia

A Grécia Antiga: Fatos - Histórias - Atividades

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet. Não seja um troll.