Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Império

O mito do herói nacional Tiradentes, o preferido. 7 de setembro - um bom negócio. Paraguai, uma guerra muito suja.

911 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro O mito do herói nacional, de Paulo Miceli
Informações técnicas

Autor: Paulo Miceli
Coleção: Repensando a História
Páginas: 99
Editora: Contexto
Primeira publicação: 1988
Ano da edição: 1994
Idioma: Português

Sinopse

O mito do herói nacional desmitifica alguns dos mais famosos heróis brasileiros. Aqui eles não são seres especiais ou superiores; são considerados em suas dimensões humanas, com fraquezas e paixões de todo tipo.

Para tratar do tema, Paulo Miceli escolheu três momentos da nossa história que trata com bom humor e irreverência, o Sete de Setembro, Tiradentes e Caxias na Guerra do Paraguai.

Historiador
Paulo Miceli

Paulo Celso Miceli é um historiador brasileiro e mestre, doutor e livre-docente em História Moderna pela Unicamp, e autor de mais de 30 livros e centenas de artigos. Paulo Miceli foi consultor do MEC e da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e, desde 2008, é consultor da Unesco no projeto sobre Ensino Médio Integrado à Educação Profissional. É criador e coordenador do grupo de pesquisas “Mare Liberum – Centro de Estudos e Referências em História Moderna e Cartografia Histórica” do IFCH-Unicamp.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Guerra do Paraguai
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.