Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Estados Unidos

Os Grandes Líderes - Theodore Roosevelt

709 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Os Grandes Líderes - Theodore Roosevelt, de Lois Markham
Informações técnicas

Autor: Lois Markham
Título original: Theodore Roosevelt - World Leaders, Past and Present
Coleção: Os Grandes Líderes
Páginas: 91
Editora: Nova Cultural
Ano da edição: 1988
Idioma: Português

Sinopse

Theodore Roosevelt (1858-1919) foi um menino frágil e doente, um adulto viril e destemido, um presidente norte-americano que não relutou em empregar a força nas relações internacionais. Aos 12 anos, esse menino nascido em uma rica família de Nova York, em 1858, tomou a decisão de ser forte e ativo. E, de fato, apesar de lutar toda sua vida com asma crônica e séria deficiência visual, ele ficou famoso em atividades nas quais o vigor físico é essencial: foi cowboy, soldado, explorador, caçador, comissário de polícia, deputado, governador e presidente.

Nas últimas duas décadas do século 19, Roosevelt trilhou uma agitada carreira como político e funcionário público em Nova York. Porém, foi sua atuação na guerra entre os Estados Unidos e a Espanha — ele comandou uma força de voluntários em Cuba — que lhe abriu as portas da popularidade. Considerado herói nacional, elegeu-se governador de Nova York em 1899 e, dois anos depois, vice-presidente. Com o assassinato do presidente McKinley, em 1901, liderou seu país na difícil transição para o século 20 e o consolidou como uma potência. Como presidente, combateu os monopólios econômicos e propôs um novo pacto social aos norte-americanos. Também construiu o canal do Panamá e expandiu a influência dos Estados Unidos na América Latina — mas sua política do big stick (porrete) deixou marcas amargas no relacionamento com os vizinhos do sul.

O guerreiro inquieto também conquistou o Prêmio Nobel da Paz, por sua mediação no conflito russo-japonês, em 1906, e marcou seu nome como um conservacionista pioneiro e competente naturalista. Entre 1913 e 1914, explorou a Amazônia em companhia de Cândido Rondon. A malária contraída no Brasil debilitou sua saúde e o impediu de combater na Primeira Guerra Mundial, como era seu desejo. Quando morreu, em 1919, tinha escrito 28 livros — fora igualmente um escritor de sucesso.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Estados Unidos
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.