Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Introdução: O século de Augusto. Séculos com nomes de líderes. O nome “Augusto”.

1 - Os anos preliminares e a conquista dos espíritos: Resumo da história de Augusto, desde o assassinato de César (44 a.C.) até a derrota de Antônio e Cleópatra e a reunificação do império (31 a.C.).

2 - O Principado Augustano: Sobre o governo de Augusto. Os problemas enfrentados nos primeiros anos e a transição para o principado. O poder de Augusto e a transição do consulado para o poder tribunício. O problema da sucessão até a sua morte.

3 - A Literatura Augustana: A literatura do século de Augusto. Os poetas de Mecenas. Virgílio, Horácio, Ovídio e suas obras, além de outros poetas. A decadência da prosa nesse período, e seus motivos, e a obra histórica de Tito Lívio.

4 - A arte da época Augustana: A arte do período, com foco na arquitetura de templos, basílicas, teatros e grandes monumentos públicos. O autor também dedica um bom tempo descrevendo a Ara Pacis (Altar da Paz de Augusto) e as pinturas que deram grande destaque para a natureza.

5 - A Paz Augustana: A obra de pacificação e as guerras do período. A atuação dos exércitos romanos no oriente, na Gália, Germânia, Panônia e Ilíria. Os textos finais falam da questão administrativa, o governo das províncias, classe de cavaleiros e senadores e o progresso econômico gerado pelas reformas e pela pacificação.

Livros   >    Roma Antiga

O Século de Augusto

856 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro O Século de Augusto, de Pierre Grimal
Informações técnicas

Autor: Pierre Grimal
Título original: Le Siècle d’Auguste
Coleção: Lugar da História
Páginas: 136
Editora: Edições 70
Primeira publicação: 1992
Ano da edição: 2008
Idioma: Português

Sinopse

Os limites deste 'Século de Augusto' estendem-se desde a morte de César, em 15 de Março de 44 a. C., até à morte do próprio Augusto, em 19 de Agosto de 14 d.C. Se os historiadores designam assim estes 60 anos, é porque apresentam uma unidade profunda, desejada e conscientemente imposta pelo homem que, chegado ao poder, encontrava Roma no Caos e, uma vez morto, deixa um legado organizado, pacífico, armado de um ideal e de uma razão de ser que os contemporâneos de César tinham procurado em vão. Augusto foi um político de génio, grande e meticuloso estratega e sobretudo homem de acção. Justo, generoso, culto, amante das artes e da poesia, restituiu a paz à República e aos seus habitantes. Acreditava ter sido designado para uma missão civilizadora especial e que era de raça divina, mas tinha consciência de que o seu direito ao poder também advinha dos seus méritos pessoais.

Historiador
Pierre Grimal

Pierre Grimal nasceu em Paris a 21 de Novembro de 1912. É um dos historiadores e latinistas franceses mais respeitados do século XX. Profundamente apaixonado pela Civilização Romana, Pierre Grimal foi uma das pessoas que mais se dedicou à promoção da herança cultural da Roma Antiga, tanto no seio de especialistas como no grande público. Foi professor de Civilização Romana nas Faculdades de Caen, de Bordéus e, durante trinta anos, na Sorbonne. Foi, também, membro fundador da Escola Francesa de Roma. Morreu em Paris a 11 de Outubro de 1996.

Análise do livro
3/5 REGULAR

GRIMAL, Pierre. O Século de Augusto. Lisboa: Edições 70, 2008.

O Século de Augusto é uma obra do historiador francês Pierre Grimal que trata dos primeiros anos do Principado, o regime que substituiu a República na Roma Antiga. Essa é uma das seis obras do autor disponíveis no brasil em versões portuguesas, publicadas pela Edições 70. Essas obras costumam ser vendidas por aqui a preços absurdos, mas quase todas elas estão disponíveis em pdfs gratuitos na Library Geneis. Fica a dica!

Confira os conteúdos de cada capítulo abaixo:

Exibir conteúdo dos capítulos

Avaliação

A obra é simples e curta, mas interessante. Pierre Grimal não é um dos melhores escritores que existe, mas também não é ruim. O livro serve como uma boa introdução a esse período, mas tem poucas informações novas para quem já tem um conhecimento básico sobre Augusto e o Principado.

No começo desse ano eu li a biografia de Augusto escrita por Adrian Goldsworthy, uma obra de mais de 500 páginas ainda inédita no Brasil, e posso dizer que não encontrei nenhuma informação realmente nova nessa obra de Pierre Grimal.

A obra tem alguns problemas: Eu achei o capítulo sobre literatura bastante arrastado e também acredito que o autor podia ter apresentando trechos das obras do período para ilustrar o estilo de escrita e mostrar seus argumentos na prática. O capítulo sobre artes também tem algumas descrições longas e cansativas, e nenhuma foto das obras aparece no livro, o que é um defeito gigantesco que eu sempre faço questão de comentar. Por sinal, não há fotos no livro e o único mapa presente na obra não identifica os locais que estão citados no texto.

No texto que fala das reformas feitas em Roma, ou dos templos construídos por Augusto, teria sido interessante se o autor tivesse disponibilizado um mapa do fórum romano, para melhor localização. O capítulo sobre artes também dá um grande destaque ao Altar da Paz de Augusto (Ara Pacis), mas nenhuma foto dessa bela obra é mostrada, embora o autor se perca em longas descrições de detalhes de relevos presentes no monumento.

No fim, acho que o grande problema do livro é o seu tamanho reduzido. Se essa obra tivesse 400 páginas e o autor conseguisse ser um pouco mais sucinto e direto nos capítulos sobre artes e literatura, essa teria sido uma grande obra.

Mesmo com alguns defeitos, eu recomendo a leitura dessa obra. Li o livro em apenas dois dias e achei a leitura agradável, no geral. Já li algumas obras de Pierre Grimal e pretendo ler todas elas com o tempo. Acho os livros dele informativos e interessantes.

Essa obra está disponível na Library Genesis em pdf. Quem tiver interesse em saber informações detalhadas sobre o conteúdo do livro pode conferir minhas anotações de leitura e as fotos da obra, links para ambos na tarja acima dessa resenha.

Resenha escrita em 26/10/2022.

Foto do membro da equipe: Moacir Führ
Escrita por Moacir Führ

Moacir tem 36 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.

Outros livros sobre Augusto
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.