Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil República

A campanha do Petróleo

285 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro A campanha do Petróleo, de Gerson Moura
Informações técnicas

Autor: Gerson Moura
Coleção: Tudo é História
Páginas: 92
Editora: Brasiliense
Ano da edição: 1986
Idioma: Português

Sinopse

O Brasil já extrai mais de 50% do petróleo que consome, e muito em breve será auto-suficiente na produção do chamado "ouro negro". Para chegar a esse estágio, foi necessária toda uma campanha que, iniciada nos anos 30 por Monteiro Lobato, culminaria com a fundação da Petrobrás. Verdadeiro movimento nacional contra os interesses do capital estrangeiro, a campanha do petróleo representou um dos momentos mais significativos da força de mobilização popular, adquirindo contornos relevantes no contexto da guerra fria.

Historiador
Gerson Moura

O Professor Gerson Moura foi um dos fundadores do Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio. Nascido em 1939, historiador por formação e vocação, Gerson Moura obteve seu mestrado pelo IUPERJ e doutorado pelo University College of London. Gerson Moura, além de notável professor, admirado pelos diversos alunos que cruzaram seu caminho, foi também criterioso pesquisador e pioneiro dos estudos sobre a história da política externa brasileira. Publicou diversas obras que se tornaram ao longo das décadas referências obrigatórias para aqueles que desejam entender melhor as relações do Brasil com o mundo, sobretudo no período que se estende entre as décadas de 30 e 50. Dentre os livros de Gerson Moura destacam-se “Autonomia na Dependência: a política externa brasileira de 1935 a 1942”, publicado pela Editora Nova Fronteira; “Tio Sam chega ao Brasil” de 1984 e “A Campanha do Petróleo” de 1986, os dois últimos lançados pela Editora Brasiliense.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Era Vargas
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.