Busque no site
Ver mais opções
Conteúdos dos capítulos do livro

Livros   >    Brasil Império

Viagem pitoresca Pelos rios Paraná, Paraguai, São Lourenço, Cuiabá e o Arinos

205 visualizações    |    0 comentário(s)

Capa do livro Viagem pitoresca, de C. Bartolomé Bossi
Informações técnicas

Autor: C. Bartolomé Bossi
Coleção: Edições do Senado Federal
Páginas: 132
Editora: Senado Federal
Primeira publicação: 1863
Ano da edição: 2008
Idioma: Português

Sinopse

Inclui-se na bibliografia dos cronistas e viajantes estrangeiros no Brasil. Bossi foi escritor, jornalista, armador, comerciante e fotógrafo, entre outras atividades. Em 1862, empreendeu a viagem de que trata o livro, começando por Montevidéu e Buenos Aires, entrando pelo interior de Mato Grosso, percorrendo o Alto Paraguai, os sertões das serras dos Parecis, descendo pelo Arinos. Dedicado ao Barão de Mauá, Bossi afirmou na introdução que fez a seu livro: “Esta pequena obra, se algum mérito possa ter, será a exatidão rigorosa de seus pormenores”. 

Bartolomé Bossi

Nascido em Gênova, na Itália, por volta de 1819, Bartolomé Bossi emigrou para a Argentina na década de 1850, onde trabalhou como fotógrafo. Em 1860 comandou uma pequena expedição pela Província do Mato Grosso, com a intenção de estudar a geografia e os elementos naturais dos locais visitados, além de fazer um levantamento para a elaboração do primeiro mapa da região, que até então permanecia em grande parte inexplorada. As dificuldades enfrentadas ao longo da viagem, que vão desde o enfrentamento com índios até as doenças e mortes de seus companheiros. Morreu em Niza, na Itália, em 1890.

Análise do livro

Esse livro ainda não foi resenhado.

Outros livros sobre Relatos de viajantes pelo Brasil
Comentários sobre o livro

Cadastre-se ou faça login para comentar

Cadastre-se

Ainda não há comentários nessa página.
Seja o primeiro a comentar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.